Série documental lança olhar inédito sobre o desenvolvimento do budismo no Brasil

Captura de Tela 2016-04-13 às 18.48.59

Depois de “Streams of Light”, documentário de 2012 em que apresenta a história da Jodo-Shinshu nos Estados Unidos, dos missionários japoneses ao desenvolvimento da “Buddhist Churches of America” (BCA), o monge Kentaro Sugao lança nesta segunda-feira (18), a partir das 19h30, na Cinemateca Brasileira (zona Sul de São Paulo), o projeto “Três Joias”, uma série documental que lança um olhar inédito sobre o desenvolvimento do budismo no Brasil.

Com “Três Joias”, o olhar de Sugao se volta agora para a realidade brasileira, abordando o desenvolvimento do budismo nas suas diferentes linhagens – tibetana, sem e pura terra – destacando seus mestres – Shaku Riman (Ricardo Mário Gonçalves), Monja Coen, Lama Padma Samten, Enio Burgos, José Fonseca, Monge Dengaku, Monja Shoden – os ensinamentos e sua prática na vida cotidiana e as três joias do budismo: Buda, Darma e Sanga.

A programação inclui a exibição de “Streams of Light” e explicação da campanha de crowdfunding do projeto (financiamento coletivo ou “vaquinha coletiva”). O evento é aberto e as vagas são limitadas a 180 lugares (por ordem de chegada) A Cinemateca Brasileira fica no Largo Senador Raul Cardoso, 207 – Vila Clementino (SP) Informações pelo telefone: 11/3512-6111